Blog do Jeferson Almeida

Operação da Polícia Federal: Poções amanhece com ‘gente grande’ presa

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Federal cumpre 10 mandados de busca e apreensão nas cidades de Ilhéus, Itabuna, Poções e Porto Seguro, no sul da Bahia, nesta terça-feira (11). A “Operação Xepa” investiga um grupo suspeito de sonegar tributos com valores que ultrapassam R$ 10 milhões.

Segundo a Receita Federal, a fiscalização identificou um grupo empresarial que é formado por pelo menos três empresas de distribuição, duas patrimoniais, usadas para ocultação dos bens, e diversas pessoas físicas.

Segundo o G1, as empresas operacionais eram constituídas por pessoas laranjas, sem capacidade econômica, parentes dos investigados, mas sem poderes de gestão nas entidades, que eram delegados por meio de procurações bancárias ou cartoriais.

A Receita Federal estima que o prejuízo aos cofres públicos pode chegar a mais de R$ 100 milhões e abranger outras empresas do grupo.

Homem morre após ser picado por abelha enquanto tomava sorvete

Foto: Reprodução/TV Bahia

Um homem de 42 anos morreu após ser picado por uma abelha enquanto tomava sorvete na quarta-feira (22), em uma agência bancária da cidade de Itapetinga, no sudoeste da Bahia.

Segundo informações da família, a vítima, identificada como Alex Pereira Santos sofreu uma reação alérgica após ser picado pelo inseto e foi levado para o Hospital Cristo Redentor, mas chegou na unidade de saúde sem vida. Os médicos tentaram fazer a reanimação, mas não conseguiram.

Alex Pereira Santos trabalhava como caminhoneiro no distrito de Bandeira do Colônia e era conhecido pelas pessoas como “Lelé”. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento do caminhoneiro.

Segundo informações do manual feito pelo laboratório MSD, para a maioria das pessoas, uma picada não causa mais do que dor, inchaço e vermelhidão ao redor da picada, o que é chamado “reação local”.

Entretanto, uma pequena porcentagem de pessoas são alérgicas a picadas de insetos e sofrem uma reação muito mais grave e perigosa, chamada “reação generalizada”. Nessas pessoas podem causar anafilaxia, que pode ser fatal. *Com informações do G1

Urgente: Cão farejador da PRF localiza 150 kg de maconha

Na tarde de ontem (16), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem de 32 anos no Km 830 da BR 116, em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. Ele foi flagrado transportando 150 quilos de maconha, detectados pelo cão farejador K-9 Kaleu.

A apreensão ocorreu durante uma fiscalização em um caminhão baú. Os policiais utilizaram cães farejadores para inspecionar o veículo, visando identificar a presença de substâncias ilícitas. O K-9 Kaleu realizou a inspeção no compartimento de carga e indicou positivamente para a presença de entorpecentes.

Diante do sinal do cão, a equipe solicitou ao motorista que abrisse o compartimento de carga. Ao verificar o interior, os policiais encontraram 192 tabletes de maconha embalados em caixas. O motorista alegou que houve um transbordo de carga com outro condutor e que desconhecia a presença das drogas.

Toda a droga e o motorista foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Vitória da Conquista para a adoção dos procedimentos legais cabíveis. O homem foi indiciado por tráfico de drogas, conforme o artigo 33 da Lei 11.343/06.

Mulher é condenada a 16 anos de prisão por homicídio

O Tribunal do Júri da comarca de Vitória da Conquista condenou na quinta-feira, dia 02, Lucimar Marinho Silva a 16 anos de prisão pelo homicídio de seu então companheiro Jerre Amaral Santos, ocorrido na cidade em 2019. Segundo a acusação sustentada pelo promotor de Justiça José Junseira de Oliveira, a ré matou a vítima com golpes de arma perfurocortante e por motivo fútil.

O crime aconteceu no dia 23 de março de 2019, por volta das 18h, na garagem da casa onde Lucimar e Jerre moravam, no bairro Kadija. De acordo com a denúncia, os dois se desentenderam porque a vítima teria gastado os R$ 50 que ambos haviam ganhado com o trabalho naquele dia. Então Lucimar desferiu, com a clara intenção de matar, golpes de arma perfurocortante que levaram Jerre a óbito.

Na sentença, a juíza Janine Soares de Matos determinou que a ré cumpra a pena em regime fechado.

Jequié: Motorista alcoolizado se envolve em acidente e acaba preso pela PRF na BR-116

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem por embriaguez ao volante  na sexta-feira (22), no km 656 da BR 116, em Jequié. Por volta das 03 horas a equipe foi acionada para atender a um acidente envolvendo um caminhão e um carro na rodovia. No local do sinistro, os policiais prestaram os primeiros socorros às vítimas e realizaram o teste do etilômero nos envolvidos. Para o condutor de um Fiat/Palio o teste acusou o teor de 1.18 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, valor acima do regulamentar. Diante dos fatos, o homem foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil competente para adoção das medidas que a lei requer.

Região: Casal é encontrado morto dentro de casa em Planalto

Na tarde da ontem (27), um casal foi encontrado morto dentro de uma casa no bairro Maracujina, no município de Planalto.

O casal foi identificado como João Paulo da Silva, 43 anos, e Laureci Barbosa da Silva, 46 anos.

A Polícia Militar esteve no local e acionou o DPT para o levantamento cadavérico e remoção dos corpos.

Os corpos não apresentavam sinais de agressão. Conforme a polícia, o caso está sob investigação.

Homem é condenado a 18 anos de prisão por homicídio em Vitória da Conquista

Everton Bruno dos Santos Miranda foi condenado, na última quinta-feira (22), pela Vara do Júri da comarca de Vitória da Conquista, a 18 anos de prisão e dez dias-multa pelo homicídio qualificado e ocultação de cadáver de Givanete de Souza Nogueira. Segundo o promotor de Justiça José Junseira de Oliveira, o crime foi cometido por motivo torpe, meio cruel e com recurso que dificultou a defesa da vítima. O júri foi realizado pela juíza Janine Soares de Matos Ferraz.

De acordo com as investigações, no dia 19 de janeiro de 2021, Everton Miranda, utilizando-se da confiança e laços de amizade que mantinha com a vítima, conseguiu atraí-la para local ermo. Lá, o réu a esganou e matou. Ainda conforme as apurações, o crime foi cometido por conta de uma dívida, provocada por empréstimos, que Everton Miranda possuía junto a Givanete Nogueira. Além de matá-la para não ter que pagar a dívida, ele ocultou o cadáver em local ermo e sob uma vegetação, no Povoado do Sossego, zona rural do município de Barra do Choça.

Pássaros silvestres e jabutis são resgatados na BR 116

No combate a crimes contra o meio ambiente, policiais rodoviários federais resgataram aves silvestres e jabutis, em trecho do município de Vitória da Conquista, na Região Sudoeste da Bahia. Os flagrantes aconteceram nesta sexta-feira (23) , em frente a unidade operacional da PRF.

Ao abordarem três ônibus em momentos distintos, os policiais iniciaram os procedimentos de fiscalização e avistaram os animais aprisionados de forma precária e demonstrando total falta de cuidados, configurando o crime de maus-tratos.

Entre os animais resgatados foram encontrados 5 jabutis.

Dadas às circunstâncias, foram lavrados os Termos Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e os infratores responderão na Justiça por crime contra o meio ambiente previsto na Lei 9.605/98.

As aves e os reptéis foram encaminhados ao órgão ambiental CETAS, onde receberão os primeiros cuidados para depois serem devolvidos à natureza.

Veja o vídeo:

Conquista: Polícia apreende grande quantidade de drogas e munições em apartamento

A Polícia Civil, por meio da equipe do DENARC/8ª DTE, realizou uma operação denominada “Carnaval”, culminando em uma grande apreensão de drogas em um apartamento no Bairro Brasil, em Vitória da Conquista, no final da tarde de ontem (5).

Após investigações, os agentes efetuaram busca no imóvel, onde encontraram tabletes expressivos de maconha e cocaína prensada, além de porções embaladas prontas para comercialização. Durante a ação, foram apreendidas munições calibre 38 e 9mm de uso restrito, balanças de precisão, embalagens utilizadas no tráfico e dinheiro proveniente da atividade ilícita. A Polícia Civil informou que até 100 kg de drogas eram distribuídos de uma só vez.

Durante a operação policial, os investigadores localizaram as substâncias entorpecentes e os materiais ilícitos escondidos em fundos “falsos” de vários móveis em diversos cômodos do apartamento.

Os traficantes, identificados durante a investigação como responsáveis pelo fornecimento e comercialização das drogas apreendidas, foram indiciados no inquérito policial instaurado na delegacia especializada de combate ao narcotráfico. As prisões preventivas de todos os envolvidos no crime serão representadas à justiça.

Região: Novas informações sobre idoso que morreu esmagado em agência da Caixa

Um idoso de 67 anos morreu após cair no poço de um elevador da agência da Caixa Econômica nesta quinta-feira (30), na cidade de Jequié, no sudoeste da Bahia, conforme já noticiado aqui.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a equipe de resgate do 8° Batalhão foi acionada por volta das 11h40 para socorrer Edinaldo Neres dos Santos, que estava preso no elevador da agência bancária no centro da cidade. No entanto, ao chegarem no local, os bombeiros encontraram o idoso embaixo do elevador destinado às pessoas com deficiência (PCDs).

Equipes de resgate suspenderam a plataforma e retiraram o corpo da vítima, que foi atendida no local com apoio de funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O Corpo de Bombeiros informou que os militares fizeram várias tentativas de reanimação, mas o idoso morreu ainda na agência bancária.

Com o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jequié, a equipe da TV Sudoeste, afiliada da TV Bahia na região, apurou que Edinaldo Neres dos Santos morava na zona rural de Jequié e estava na agência para sacar um benefício social.

No local, ele teria sentido vontade de ir ao banheiro e confundiu a porta do elevador com a do banheiro. Ele foi esmagado porque entrou e caiu no poço do elevador na mesma hora em que o equipamento foi acionado.

Em nota, a Caixa Econômica lamentou a morte do idoso e informou que tomou todas as providências necessárias para prestação de socorro no momento da queda. A agência bancária se solidarizou com a família e disse que prestará assistência.

A Caixa Econômica afirmou ainda que apura as causas da queda do cliente e que tem contribuído com as autoridades. *Informações do G1