Blog do Jeferson Almeida

Mais Notícias

Prefeitura de Poções vai reabrir inscrições do Processo Seletivo

Informamos que o município de Poções firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Estadual para reabrir as inscrições do processo de seleção simplificada até a próxima segunda-feira (01/03), disponibilizando aos interessados prazo até o dia 11 do mesmo mês. O último edital foi publicado no dia 9 deste mês, para contratação de profissionais das mais diversas áreas nos níveis superior, técnico e médio por tempo determinado, e as inscrições foram realizadas em apenas dois dias. Na nova publicação, a administração municipal vai permitir a realização das inscrições também pela internet e irá alterar o edital, incluindo critérios objetivos e proporcionais, notadamente quanto à experiência profissional e à avaliação de habilidades específicas.
É importante destacar que ficarão mantidas as inscrições já realizadas, podendo haver a manifestação da desistência ou a complementação da documentação apresentada, além de uma nova inscrição dos candidatos que foram desclassificados. A reabertura das inscrições e o novo cronograma terão ampla divulgação por meio de publicação no Diário Oficial do Município (https://dom.pocoes.ba.gov.br/), nas redes sociais oficiais (Instagram – @prefeituradepocoes – e Facebook – @prefeituradepocoesoficial) e no site da Prefeitura de Poções (https://pocoes.ba.gov.br/portal/).
DECOM-PMP

Poções: Mototáxi celebra 20 anos de serviços prestados à população

Fotos: Blog do Jeferson Almeida

Hoje, 23 de fevereiro de 2021, é dia de celebrar os 20 anos de existência do serviço de mototáxi (Amarelinhas e Verdinhas) da nossa querida Terra do Divino. Por esse ofício digno e nobre, parabenizo a todos os mototaxistas de nossa cidade, sendo eles que se arriscam todos os dias pelas ruas para atender as solicitações do nosso povo.

O serviço de mototáxi em Poções surgiu em 2001, tendo o projeto de lei sido apresentado pelo vereador da época, Euclides da Silva Nogueira, e aprovado na sessão da Câmara do dia 04 de junho de 2002. A lei foi sancionada pelo ex-prefeito Dr. Almino Alves Viana. O fundador da Associação foi o mototaxista Diosvaldo Vieira da Silva (Dió), que transportou o seu primeiro cliente, o nosso amigo Zinho da Livraria, que na época pagou R$ 1,00 (um real) pela corrida. Atualmente, 76 mototaxistas trabalham diariamente no transporte de passageiro Poções.

#Poções
#Mototáxi
#20anos

Ocorrência da 79ª CIPM em Bom Jesus da Serra: Homem é preso por tráfico de drogas

Na tarde da última segunda-feira (22), policiais militares da 79ª CIPM prenderam um homem pelo crime de tráfico de entorpecentes na cidade de Bom Jesus da Serra.

Os policiais realizavam o patrulhamento de rotina quando avistaram um indivíduo em atitude suspeita na Rua Leovegildo Guedes Moreno, e decidiram fazer uma abordagem padrão. Foram encontrados em posse do autor os seguintes materiais:

500g (quinhentos gramas) aproximadamente de substância análoga à maconha;
40g (quarenta gramas) aproximadamente de substância análoga ao crack;
40g (quarenta gramas) aproximadamente de substância análoga à cocaína.

Diante do fato ilícito, o autor juntamente com os materiais apreendidos, foram conduzidos e apresentados à autoridade policial competente para que as medidas judiciais fossem aplicadas.

Fonte: 79ªCIPM, ASCOM

Toque de recolher em Poções: 1º dia de operação foi tranquilo e não teve graves ocorrências de desobediência

Por volta das 22h de ontem (19) teve início a operação conjunta entre a Polícia Militar (79ª CIPM) e a Prefeitura de Poções em cumprimento ao decreto de Nº 20.233 do Governo do Estado, que proíbe a circulação de pessoas não autorizadas pelas ruas da cidade.

O primeiro dia do toque de recolher na Terra do Divino foi avaliado como tranquilo, não tendo graves ocorrências de descumprimento da medida.

O decreto busca reduzir o número de casos da Covid-19 e a ocupação de leitos em todo o estado, e vai até o dia 25 de fevereiro, valendo o toque de recolher até às 05h.

Poções: Prefeitura publica resultado da homologação das inscrições do Processo Seletivo

A Prefeitura de Poções, no uso de suas atribuições legais, torna público a relação dos candidatos com inscrições homologadas e não homologadas, conforme Edital nº 01/2021.

O resultado de homologação pode ser acessado na íntegra a partir da página 34 no seguinte endereço de link: http://diariooficial.portalgov.net.br/uploads/045816300-1613677659.pdf

Os candidatos também podem acessar a publicação no Diário Oficial do município (https://dom.pocoes.ba.gov.br/).

DECOM-PMP

Alerta: Em Conquista, HGVC e HSVP estão com 100% dos leitos de UTI Covid ocupados

O Hospital Geral de Vitória da Conquista e o Hospital São Vicente estão com 100% dos leitos de UTI/Covid ocupados. A informação é do sistema da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). Segundo o sistema, o único hospital que possui vagas é o HCC, com 90% dos leitos ocupados, o equivalente a apenas duas vagas. Ao todo, a taxa de ocupação de leitos de UTI para tratar pacientes com covid-19 está em 97%, de acordo com o sistema. *NotíciasVCA

Covid-19: Prefeitura de Poções adota toque de recolher

De 19 a 25 de fevereiro, das 22h00 às 05h00, não será permitida circulação de pessoas não autorizadas pelas ruas da cidade.

O cumprimento do Decreto de Nº 20.233 do Governo do Estado, será por meio da operação conjunta entre Prefeitura Municipal, Polícia Militar e demais instituições normatizadoras.

A medida busca reduzir o número de casos da Covid-19 e a ocupação de leitos em todo o estado.

Poções: Ex-prefeito Leandro Mascarenhas tem contas rejeitadas pelo TCM

Na sessão desta quarta-feira (17/02), realizada por meio eletrônico, o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas de três prefeitos, relativas ao exercício de 2019. Os conselheiros do TCM emitiram parecer pela rejeição das contas de 2019, inclusive, do ex-prefeito de Poções, Leandro Araújo Mascarenhas. Nos casos, os gestores tiveram suas contas rejeitadas por irregularidades na abertura de créditos adicionais/suplementares. Os prefeitos foram punidos com multas de R$4 mil e R$3 mil, respectivamente, pelas irregularidades destacadas no relatório. Veja aqui a decisão!